Em sua segunda edição, o Programa Centelha MCTI lançará editais de inscrições para as 26 unidades federativas em que a iniciativa de incentivo à inovação e ao empreendedorismo. A ideia do Centelha é transformar ideias em negócios por meio do apoio financeiro, suporte e capacitação, reduzindo a distância entre a produção científica e a inovação.

As propostas podem ser submetidas por pessoas físicas domiciliadas no estado de inscrição, que tenham 18 anos completos ou, no caso de menor, que sejam legalmente emancipados, na data de publicação do respectivo edital do estado, e que apresentem uma ou mais ideias inovadoras.

O programa é implementado por execução descentralizada, em articulação com fundações e institutos nas unidades federativas participantes. Assim, cada estado participante lança edital próprio, especificando o número de projetos contemplados e o valor total da subvenção.

Em média, os empreendedores receberão cerca de R$ 50 mil reais na forma de subvenção econômica.

Segundo o site oficial do programa, os seguintes estados possuem editais com inscrições abertas:

Paraná (até as 18 horas de 27 de maio)
Amazonas (até as 18 horas de 19 de abril)
Bahia (até as 17 horas de 10 de maio)
Maranhão (até as 18 horas de 20 de abril)
Mato Grosso (até as 18 horas de 15 de junho)
Pará (até as 18 horas de 16 de maio)
Rio Grande do Norte (até as 18 horas de 2 de maio)
Rondônia (até 18 de abril)
Sergipe (até as 18 horas de 29 de abril)

A promoção é do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação Certi.

Segundo a organização, o Centelha 2 conta com a participação de 26 unidades federativas, são elas: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, São Paulo, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Edição paranaense terá R$ 3 milhões em recursos

Na segunda edição lançada no Paraná, o programa vai contar com R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e R$ 1 milhão de contrapartida do Estado.

Serão beneficiadas 50 empresas, sendo que cada uma pode receber até R$ 60 mil em recursos de subvenção econômica.

No Estado, a organização é da Fundação Araucária, com apoio do Sistema Fiep e do Sebrae/PR.

Para se inscrever basta acessar o site oficial do programa: www.programacentelha.com.br/pr, fazer o cadastro, ler as regras do edital e submeter a ideia.

Para mais informações, é possível enviar e-mail para: centelhapr@fundacaoaraucaria.org.br.

Primeira edição recebeu mais de 15 mil ideias, informa o MCTI

Em sua primeira edição, lançada em 2019 com 17 estados, o Centelha recebeu mais de 15 mil ideias e movimentou mais de mil municípios e recursos da ordem de R$ 30 milhões.

Saiba mais em https://programacentelha.com.br/

🔊 Com informações do MCTI e da Fundação Araucária.
Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *