Lançado sistema de informações que servirá de base para indicadores do Capes/PrInt A plataforma vai coletar e reunir dados das instituições participantes do programa de internacionalização da fundação

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), lançou o Plano de Trabalho para Internacionalização (PTI), um sistema destinado às instituições de ensino superior (IES) participantes do Programa Institucional de Internacionalização (Capes/PrInt). A iniciativa é uma parceria entre as diretorias de Relações Internacionais (DRI) e de Tecnologia da Informação (DTI) da Fundação, com apoio da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Plataforma para a coleta de dados dará subsídio à construção coletiva de indicadores para a avaliação intermediária do PrInt

O PTI é composto por três módulos: Compromisso Institucional e Parceria e Redes de Pesquisa são módulos de preenchimento, enquanto o módulo Sumário Executivo reúne os resultados principais. Esta estrutura pretende facilitar os processos para as pró-reitorias e equipes técnicas das instituições de ensino, que deverão preencher as informações referentes à internacionalização.

Em 2019 a Capes criou, para as IES participantes do programa, um formulário para reflexão sobre o processo de lançamento da política institucional de internacionalização. Segundo a (DRI) da fundação, este ano, o formato foi aprimorado para que “se tenha uma visão mais ampla do trabalho e das estratégias que efetivamente têm sido executadas” em cada instituição.

Módulos para construir indicadores de avaliação

A plataforma para a coleta de dados dará subsídio à construção coletiva de indicadores para a avaliação intermediária do PrInt. No primeiro eixo, Compromisso Institucional, serão coletadas informações que apontem o incentivo à construção, execução e consolidação de planos estratégicos de internacionalização.

O segundo módulo, Parcerias e Redes de Pesquisa, receberá dados para registrar a formação de parcerias de pesquisas internacionais, melhorando a qualidade da produção acadêmica brasileira e estimulando a mobilidade de professores e alunos. Por fim, no Sumário Executivo, o sistema produzirá um relatório consolidado dos cinco aspectos mais relevantes de cada tema, além dos objetivos listados nos dois módulos anteriores.

Guia para aceleração da internacionalização

A Capes divulgou nesta semana o Guia para Aceleração da Internacionalização Institucional. Segundo a fundação, o guia toma como base três características das Universidades de Classe Mundial, associadas à qualidade e excelência na pós-graduação: alta concentração de estudantes e professores talentosos, rico ambiente de aprendizado e pesquisas de alto impacto.

O objetivo principal é apoiar a gestão de projetos contemplados no Programa Institucional de Internacionalização (PrInt), mas também ser útil à comunidade acadêmica com cursos de pós-graduação stricto sensu que deseja buscar sua internacionalização sistêmica.

Sobre o Programa Capes/PrInt

O PrInt é uma iniciativa da Capes para aumentar a visibilidade das universidades e da pesquisa brasileira a partir da cooperação internacional. O Programa induz as instituições a formularem um plano de internacionalização, estabelecendo um marco inovador e decisivo para a internacionalização das universidades brasileiras.

🔊 Com informações da CCS/Capes.
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *