Ilustração: Kurious/Pixabay

A Embrapa Soja está selecionando três pesquisadores para atuação em projetos de pesquisa na sede da empresa, em Londrina, no Paraná.

Uma das bolsas é de pós-doutorado em Biologia Molecular ou áreas afins para atuar em projeto de pesquisa com edição gênica, via tecnologia CRISPR. O prazo de inscrições vence no próximo dia 1º de fevereiro.

Há ainda duas bolsas para formados em Agronomia para colaboração em projetos de pesquisa. Candidatos podem ser inscrever até 15 de fevereiro.

Pós-doutorado aborda biologia molecular e transformação genética de plantas

O profissional da bolsa de pós-doutorado atuará no Laboratório de Biotecnologia Vegetal da Embrapa Soja. A bolsa, no valor mensal de R$ 5 mil, terá duração de 12 meses, a partir de março de 2021, mas poderá ser estendida, dependendo do desempenho do bolsista e do projeto.

São pré-requisitos: experiência comprovada com trabalhos envolvendo biologia molecular, transformação genética de plantas e cultura de tecidos, além de boa capacidade para trabalho em equipe e fluência em inglês.

As inscrições devem ser feitas somente por e-mail até o dia 1º de fevereiro. As orientações completas podem ser consultadas neste link.

Duas bolsas são para pesquisadores agrônomos com experiência em PD&I

A Embrapa Soja selecionará dois bolsistas formados em Agronomia para colaboração em projetos de pesquisa nos laboratórios de Física de Solos e de Matéria Orgânica do Solo. Os pesquisadores também farão atividades de campo no território do projeto, nos municípios de Floresta, Campo Mourão, Cascavel, Toledo, Iporã e Umuarama.

Os interessados deverão acessar este link e, na aba serviços, clicar em “09° Edital de Bolsa de Estímulo à Inovação/2020 – Projeto 279”. Além do edital, está disponível para preenchimento a ficha de cadastro do candidato.

As duas bolsas exigem profissional com nível superior e experiência em atividades de pesquisa, desenvolvimento ou inovação, mas uma delas estabelece período mínimo de experiência de dois anos.

Os interessados deverão, obrigatoriamente, preencher o formulário disponível neste link da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento (Faped), informando dados curriculares, e apresentar o Currículo Lattes até o dia 15 de fevereiro.

Mais informações estão disponíveis neste link.

🔊 Com informações da Embrapa Soja.
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *