<span class=UFPR seleciona pesquisas para divulgação científica em adesão ao Julho das Pretas A Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (Sipad) seleciona pesquisas para divulgação por ocasião do Dia Internacional da Mulher Negra Afro Latina Americana e Caribenha" title="UFPR seleciona pesquisas para divulgação científica em adesão ao Julho das Pretas A Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (Sipad) seleciona pesquisas para divulgação por ocasião do Dia Internacional da Mulher Negra Afro Latina Americana e Caribenha" decoding="async" fetchpriority="high" srcset="https://ciencia.ufpr.br/portal/wp-content/uploads/2022/08/295889879_3423313834566960_505605333425231988_n.jpg 1080w, https://ciencia.ufpr.br/portal/wp-content/uploads/2022/08/295889879_3423313834566960_505605333425231988_n-300x300.jpg 300w, https://ciencia.ufpr.br/portal/wp-content/uploads/2022/08/295889879_3423313834566960_505605333425231988_n-1024x1024.jpg 1024w, https://ciencia.ufpr.br/portal/wp-content/uploads/2022/08/295889879_3423313834566960_505605333425231988_n-150x150.jpg 150w, https://ciencia.ufpr.br/portal/wp-content/uploads/2022/08/295889879_3423313834566960_505605333425231988_n-768x768.jpg 768w" sizes="(max-width: 1080px) 100vw, 1080px" />
Imagem: Divulgação/Sipad

Com o objetivo de somar ao movimento Julho das Pretas e celebrar o Dia Internacional da Mulher Negra Afro Latina Americana e Caribenha, a Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (Sipad) e o Projeto Comunicar Direitos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) estão desenvolvendo uma ação de valorização e enaltecimento da contribuição científica da pesquisa de mulheres pretas e universitárias.

O objetivo é disseminar o conhecimento produzido por mulheres negras na academia. A pesquisa pode ser em diferentes áreas e podem participar estudantes e egressas da UFPR, inscrevendo-se pelo formulário on-line.

Julho das Pretas

Julho das Pretas é uma ação de incidência política coletiva dos Movimentos de Mulheres Negras do Brasil, em todas as esferas da sociedade. Criado pelo Odara – Instituto da mulher negra, este movimento celebra o dia 25 de Julho, que é o Dia Internacional da Mulher Negra Afro Latina Americana e Caribenha.

O tema da agenda de 2022 do movimento é: Mulheres Negras no Poder, Construindo o Bem Viver, e contará com 427 atividades realizadas por mais de 200 organizações de mulheres negras em 18 estados brasileiros, além de uma atividade em Paris, na França.

 

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *