Ilustração: Freepik/vectorjuice

O programa Lab Água, da Votorantim Energia e do Instituto Votorantim, selecionará 20 organizações que apresentarem soluções inovadoras que contribuam para a resolução da escassez hídrica, para a melhoria do acesso à água, bem como para fortalecer o desafio de convivência com o semiárido.

Programa de aceleração tem como diferencial etapa com aplicação prática na comunidade da Serra do Inácio, na divisa entre Piauí e Pernambuco.

As soluções precisam ter MVP (mínimo produto viável) validado ou em fase de validação para participarem do programa, que terá prototipagem no território e possibilidade de codesign com a comunidade.

Cinco deles receberão capital semente, totalizando R$ 230 mil para essa edição. As inscrições podem ser feitas no site www.institutovotorantim.org.br/labagua até 29 de junho.

O objetivo do Lab Água é se aprofundar no problema de falta de acesso à água e proporcionar o desenvolvimento e o fortalecimento de iniciativas inovadoras que possam ser replicadas em outras localidades. Os projetos serão testados na Serra do Inácio, região carente de recursos básicos, na divisa entre Piauí e Pernambuco, em participação com a comunidade.

Seleção, aceleração e teste em campo

Em busca de impacto social, o programa de aceleração terá desenvolvimento em etapas.

No Sprint, uma das etapas do programa, os vinte projetos selecionadas vão interagir com uma rede de parceiros que atuam na temática da água, ampliando conhecimentos e possibilidades de ações.

O processo contempla ainda mentoria com especialistas convidados e da própria companhia, além de capital semente para testar em campo cinco projetos, dentre os 20 acelerados.

🔊 Com informações da Votorantim Energia e do Instituto Votorantim.
Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.